Copy
INFORMAÇÃO Investigação, Inovação e Internacionalização 

30 de julho de 2020

Está aberta a 3.ª edição do Programa Promove, lançada pelo banco BPI e a Fundação “la Caixa” e que conta com a parceria da Fundação para a Ciência e Tecnologia no apoio a projetos de I&D mobilizadores, com um orçamento conjunto de até 2,4 milhões de euros.
O concurso está aberto a um número restrito de municípios, abrangendo nesta região os que pertencem às comunidades da Beira Baixa e das Beiras e Serra da Estrela.
Visa apoiar projetos inovadores e estratégicos, ideias inovadoras de estudantes de instituições de ciência e ensino superior e projetos de I&D mobilizadores, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento das regiões do interior de Portugal.
Os prazos para a apresentação de candidaturas são os seguintes:

O Programa Promove está aberto a entidades que pretendam desenvolver projetos localizados nos Municípios das NUTS III Alto Tâmega e Terras de Trás-os-Montes, e ainda os municípios de Carrazeda de Ansiães, Freixo de Espada à Cinta, Torre de Moncorvo e Vila Nova de Foz Côa da NUTS III Douro; nos Municípios das NUTS III Beiras e Serra da Estrela, e Beira Baixa; e nos Municípios das NUTS III Alto Alentejo e Baixo Alentejo, e ainda os municípios de Alandroal, Borba, Mourão, Portel, Redondo, Reguengos de Monsaraz e Vila Viçosa da NUTS III Alentejo Central.

AGENDA

Bolsa de Contactos B2B que acontece entre os dias 15 e 17 de setembro, em formato virtual e é organizada no âmbito da rede Entreprise Europe Network (EEN).
Esta bolsa de contactos insere-se na conferência “Encontros com a Inovação em Saúde”, promovida pelo Health Cluster Portugal e cujo tema deste ano é “Smart(er) Health – Towards needs-oriented innovation in healthcare”. 
Data
Local
Organizadores 

Prazo e local para inscrições

 
15 a 17 de setembro
Online
Iniciativa da ANI, em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria do Centro e o Health Cluster Portugal 
As inscrições estão abertas até 14 de setembro, sendo que o gendamento de reuniões se inicia a 4 de agosto. As inscrições podem ser feitas aqui.
CONCURSOS ABERTOS

Concursos Nacionais

  • Programa Gulbenkian Sustentabilidade
  • Iniciativas de Cooperação Bilateral
  •  Sistema de Incentivos às Empresas | Projetos "Inovação Produtiva” - Territórios de Baixa Densidade
  • Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola
  • Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (SI ID&T) Projetos de I&D em Copromoção para Territórios do Interior CANDIDATURAS SUSPENSAS
  • Prémio UE de Saúde 2020
  • Medalhas de Honra L’Oréal Portugal para as Mulheres na Ciência 2020
  • Prémio Pulido Valente Ciência 2020
  • Altice International Innovation Award
  • Contratação de Recursos Humanos Altamente Qualificados nas PME 
  • Contratação de Recursos Humanos Altamente Qualificados - Entidades Não Empresariais do Sistema de I&I 

Concursos Internacionais

  • New Business Ideas Transforming the Olive Value Chain Award
  • FET Innovation Launchpad 
  • Call COST Actions 
NOTÍCIAS
Programa Internacionalizar 2030 

O Conselho de Ministros aprovou o programa Internacionalizar 2030, que estabelece as prioridades para a internacionalização da economia portuguesa. 
Na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros, o Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, afirmou que o programa tem como meta o aumento do peso das exportações no Produto Interno Bruto para 53%, até 2030, o que representará um crescimento de 9%. 
O Secretário de Estado destacou, na sua intervenção, três medidas incluídas no programa Internacionalizar 2030: 

  • a enfâse na marca de Portugal, «construída de forma coletiva e transversal dos sectores de bens e serviços», que conta com «um forte empenho» da AICEP e do Turismo de Portugal»; 
  • um esforço para a qualificação das pequenas e médias empresas, prevendo-se a formação de recursos humanos «especialistas em negócios internacionais» e «que nos permitam alargar a base do sector exportador»; 
  • e, finalmente, «o lançamento de uma linha específica de financiamento da encomenda internacional e, também, no âmbito fiscal» - em continuidade com o Orçamento de Estado para 2020 -, a «isenção de imposto de selo para os seguros de crédito à exportação e os seguros de caução, com garantia de Estado».

O programa está estruturado em seis eixos de intervenção: Business and Market Intelligence; Formação e Qualificação dos Recursos Humanos e do Território; Financiamento; Apoio no Acesso aos Mercados e ao Investimento em Portugal; Desenvolvimento da Marca Portugal e Política Comercial e Custos de Contexto.

OPORTUNIDADES
 

Implementação de projetos piloto de laboratórios vivos de descarbonização e mitigação às alterações climáticas
Candidaturas abertas até 15 de setembro

Este concurso visa promover o desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras, como "laboratórios-vivos" (living labs).
Os living labs podem ser definidos como espaços de teste de soluções inovadoras, onde múltiplas partes interessadas colaboram no desenvolvimento, prototipagem, validação e teste de novas tecnologias, serviços e respetivas aplicações em contexto real, em áreas delimitadas, com identidade local e reconhecíveis pelos cidadãos.
Os projetos selecionados no âmbito deste aviso contribuirão para aumentar a resiliência às alterações climáticas, através de medidas locais concretas de adaptação e mitigação às alterações climáticas e soluções tecnológicas de baixo carbono em cidades.
São consideradas elegíveis as entidades privadas legalmente instituídas em Portugal e de acordo com o estabelecido no Anexo II do Acordo do Programa, é obrigatório ter como entidade parceira uma autoridade local dos municípios com mais de 200.000 habitantes (Lisboa, Sintra, Vila Nova de Gaia, Porto, Cascais e Loures) responsáveis pela implementação de planos de mitigação das alterações climáticas.

+ INFORMAÇÃO



Concurso Fundo de Relações Bilaterais
Candidaturas até 18 de setembro
O Concurso Fundo de Relações Bilaterais #1 apoia iniciativas que tenham como objetivo fortalecer as relações bilaterais entre Portugal e a Islândia, o Liechtenstein e/ou a Noruega. O financiamento é dirigido a qualquer área estratégica que contribua para o fortalecimento das relações bilaterais.
Com períodos de decisão de quatro em quatro meses, este concurso já aprovou 31 iniciativas bilaterais, em  áreas como o mar, ambiente, artes, tecnologias, entre outras, num valor que ultrapassa os €400 mil.
São elegíveis como promotores deste concurso entidades públicas ou privadas, comerciais ou sem fins lucrativos, incluindo quaisquer organizações da sociedade civil, como as organizações não governamentais, legalmente estabelecidas em Portugal. As iniciativas podem ser realizadas em qualquer um dos países do programa e devem incluir, obrigatoriamente, parcerias com uma ou mais entidades desses países.

+ INFORMAÇÃO



TAGUSVALEY lança 4.ª edição do prémio FoodFabLab
Candidaturas abertas até 22 de setembro
O TAGUSVALLEY lançou a quarta edição do prémio FoodFabLab, um concurso direcionado para empreendedores que pretendam criar um negócio no sector alimentar ou para aqueles que tenham um produto alimentar inovador e que procurem testar esse produto.
O concurso está aberto a qualquer pessoa a título individual ou empresa e visa premiar os produtos que possam dar resposta aos desafios e tendências de consumo atuais, sobretudo num contexto em que existe um claro reforço da diminuição das cadeias de abastecimento, com maior consumo de produtos locais.
 No que diz respeito aos prémios atribuídos, somam um valor total de 7.300 euros, em serviços do TAGUSVALLEY, sendo 2.800 euros para o prémio FoodFabLab e 1.500 euros para cada um dos restantes prémios. Estes prémios dão acesso, nomeadamente, à utilização do FoodFabLab na Unidade de Produção e Transferência de Conhecimento Alimentar INOV’LINEA, um espaço pré-licenciado de uso partilhado para a produção de produtos alimentares, apoio técnico nas áreas do licenciamento, rotulagem, obrigações legais, processo produtivo, uma análise sensorial de aceitação, uma análise sensorial de preferência e acompanhamento no desenvolvimento do modelo de negócio.
Os interessados em concorrer ao concurso devem preencher o formulário de candidatura online, disponível até ao próximo dia 22 de setembro, sendo que a entrega do produto para prova sensorial deverá ocorrer entre os dias 5 e 10 de outubro deste ano. Todas as informações sobre a 4ª edição do prémio FoodFabLab estão disponíveis no regulamento online.




 
"CIS Empreende" um concurso de Inovação Social
Candidaturas abertas até 30 de setembro

A Fundação Eugénio de Almeida (FEA) lançou o “CIS Empreende”, um Concurso de Inovação Social repartido por duas categorias (ideação ou crescimento) para responder a problemas sociais como erradicar a pobreza e a fome, saúde e educação de qualidade, trabalho digno e crescimento económico e ação climática.
Através desta iniciativa, que recebe candidaturas até 30 de setembro, a FEA pretende ampliar a rede de iniciativas inovadoras na região, como forma de contribuir para minimizar os diferentes problemas sociais.
Esta iniciativa visa distinguir e apoiar projetos de inovação social, em fase de ideação ou desenvolvimento, que respondam a problemas sociais enquadrados nos ODS
                        1 – Erradicar a pobreza
                        2 – Erradicar a fome
                        3 – Saúde de Qualidade
                        4 – Educação de qualidade
                        8 – Trabalho digno e crescimento económico
                       13 – Ação climática

Consulte o regulamento aqui, faça a sua inscrição e submeta a sua candidatura aqui. Mais informação ou dúvidas contacte cis@fea.pt

Uma inspiração...
Comissão Europeia apoia Universidades Europeias piloto Erasmus + com mais 34 milhões do Horizonte 2020

A Comissão Europeia anunciou que as 17 primeiras alianças de universidades selecionadas no âmbito do programa Erasmus + receberão um apoio complementar de 2 milhões de euros do Horizonte 2020. Com esse apoio, as universidades europeias explorarão uma maior integração e transformação nas suas missões de pesquisa e inovação. 
No total, está disponível um orçamento de 34 milhões de euros do Horizonte 2020 para essas 17 alianças. Cada aliança recebe até 2 milhões de euros do programa Horizonte 2020 por três anos para começar a implementar seus planos e abrir caminho para outras instituições de ensino superior em toda a UE, complementando os até 5 milhões de euros do programa Erasmus +. No final deste ano, um apoio semelhante ao Horizonte 2020 será disponibilizado para as 24 alianças adicionais que foram recentemente selecionadas na segunda convocatória disponível aqui.

ESCREVA-NOS
Para a preparação de projetos solicite apoio através de 3i_pv@sc.ipv.pt e uma resposta será enviada o mais rápido possível.

 
Copyright © 2020 Politécnico de Viseu, All rights reserved.


Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list.

Email Marketing Powered by Mailchimp